#chegalogodavi

Eu bem me lembro que no ano em que eu completei 15 anos, eu fui convidada para umas 10 festas seguidas. Várias amigas fizeram festas, algumas foram para Disney, mas era o assunto do ano. Era a fase.

Depois vieram as formaturas, onde só se ouvia palavras como "prazo de entrega", "monografia", "PGE", "não aguento mais", "tô surtanto". E depois vieram os casamentos. Teve um ano que fui em 12 como convidada! Fase deliciosa de testemunhar encontros de amores tão lindos.

Bom,  agora estamos passando para a fase: bebês. A maioria das minhas amigas ou está grávida ou quer estar ou já tem um bebê lindo nos braços. Eu, particularmente, estou amando essa fase! Só agarro essas criaturas fofas sem ter nenhuma responsabilidade educacional! hahaha!

Essa introdução toda é só pra falar do quanto eu amo esses "ritos de passagem". Como eles nos marcam e como é legal acompanhar o crescimento e o amadurecimento das pessoas que você ama. Como é bom compartilhar esses dias de alegria, compartilhar nossa vida e a vida que geramos uns com os outros.

Juliana é uma das minhas amigas mais próximas. Fui madrinha dela de casamento, ela foi minha. Me ensinou muito a ser mãe antes de ser. Dormia na casa dela e ela cuidava de tudo com tanto carinho. Quando eu menos esperava, minha cama estava pronta, com uma camisolinha dobrada em cima. Me sentia muito acolhida. Um cuidado e um amor tão grande!  Davi já é um sortudo!

Não vejo a hora de ver a carinha do Davi e ver a Ju ser mãe mesmo. Tenho certeza que ela será um exemplo! E que bom que vou estar perto (mesmo longe) testemunhando mais essa fase. E que venham muitas delas! #chegalogodavi