Clarice e o Caminho.

Clarice era uma bailarina, não dessas de sapatilhas e tutu
Os movimentos dela eram feitos de pensamentos,
e ela os dançava ao som das palavras.
Ela morava em um reino perdido,
ninguém estava certo da onde vinha e pra onde queria chegar
Diziam a ela que todos os caminhos levavam ao céu
Mas ela passou a acreditar que só existia um
E essa certeza começou a ficar tão grande dentro dela
que todos os seus movimentos indicavam o caminho.
E começaram a olhar pra ela, e sabiam que ela iria chegar lá
não porque ela dissesse, mas só de verem ela dançar
E um dia a perguntaram da onde vinha a sua dança
e ela respondia: "vem do caminhar"


E diziam que por onde Clarice dançava,
as pessoas passavam a ver só um caminho
O reino já não era mais perdido
eles agora sabiam por onde andar.


[Dedico esse post a minha querida companheira de caminhada, Clarice, que ontem escolheu o Caminho certo, o único.]