Falar de saudade



* Há mais ou menos dois meses atrás eu recebi o convite do Denis pra escrever uma poesia sobre a saudade, pois ele queria publicar um livro sobre as coisas da vida. Fiquei muito feliz com o convite e ontem o livrinho fofo chegou aqui em casa com essa poesia publicada! Me senti muito chique! Obrigada, querido pela oportunidade e confiança! Desejo mais poesia pra vc a cada manhã!


Quando ele foi


Ele foi embora
mas o meu amor ainda não 
fiquei sem saber dividir
ele foi embora de manhã
e de mãos dadas com ela
fiquei na escuridão saudade
ele foi embora um dia
mas todos os dias eu me despeço
ele foi embora sem responder nada
me deixando cheia de perguntas
o que faço com os domingos e seus parques?
o que faço as músicas de amor?
o que faço se for mesa para dois?

e foi assim que descobri que partir
na verdade é ficar só que mais.