desejos de ano novo.



quero andar outros caminhos, cansei daqui.
preciso sempre de novas paisagens, o mesmo me faz menos
preciso não saber o que virá na próxima esquina,
preciso não saber falar a língua, preciso me reconhecer no que eu não conheço ainda.

tenho em mim esse desejo latente para que tudo seja nada igual
preciso que depois de um dia ensolarado, a chuva venha com gotas gordinhas
preciso saber não esperar por nada, me surpreender ao virar a página
preciso começar a escrever sem precisar saber em quantas linhas

quero contar  pra você algo novo todos os dias
preciso não caber em tantas cenas, em tantos livros, em tantos discos
preciso dizer o que eu sinto sem ter tanta pressa, sem ter tempo
preciso sair de mim, rir de mim e te envolver de alento

tenho em mim essa certeza de que o que virá e bem melhor do que o agora
e preciso disso, por ora.