Ensaio Gravidez: Taia + Rafael = Benjamin

Acabei de me dar conta que os últimos 5 ensaios que fotografei foram de grávidas. E estou amando! Há tanta beleza em registrar essa fase na vida da pessoa, mesmo que eu ainda não a tenha vivido, sei que esses últimos momentos deles dois sendo só dois, e dessa espera são únicos e tão especiais. 

Esse casal é um dos mais especiais. Não canso de fotografá-los! haha! Já os fotografei algumas vezes antes (pode ver aqui e aqui) e quero ser a fotógrafa dessa família pra sempre. Acompanhá-los de perto tem sido uma alegria e vê-los crescer como família me traz um quentinho pro coração. Sei que Benja será um menino lindo, de alma pura e de coração grande, cheio de música e cor, assim como seus pais são. 

Obrigada Taia e Terezo pela confiança e por mais um domingo lindo com vocês!

Vem Benjamin! Tia Mari já está te esperando com a camera na mão e muito amor no coração pra te dar sempre! <3

Ensaio Gravidez: Anamel + Lipe = Bento

Como falei no post anterior, estou me redescobrindo dentro da fotografia. A cada dia que penso sobre isso, sinto mais que não é a fotografia que me completa, e sim o que ela me proporciona.

Esse ensaio me proporcionou conhecer a casa da Ana e do Lipe (e da Lilo), que em breve será a casa do Bento também. Me proporcionou conhecer eles mais de perto, receber abraços, café e ouvidos que sempre estão prontos a ouvir. Me proporcionou levar um sorriso pro rosto da Ana e conversar com o Lipe. Me proporcionou uma tarde onde eu fui mais uma vez grata pela Graça de Deus, que eu via ali presente.

Não sei mensurar a importância de uma foto. Só sei que ela tem uma grande importância e eu tenho o privilégio de fazer isso através dessa arte. 

Li uma vez em um blog de uma fotógrafa que admiro muito, que falava que ter registros da sua vida é como ter uma jóia de família. Você passará aquilo de geração em geração e todos vão se beneficiar das histórias ali contadas. 

Espero que o Bento e seus filhos olhem essas fotos e vejam como os seus pais, avós estavam tão felizes e mais completos por que ele estava chegando e que isso faça diferença na vida deles nesse dia.


 

Ensaio Família: Família Gibran

Eu me sinto constantemente sendo cuidada por Deus e vejo isso claramente através das pessoas que ele coloca na minha vida. Confesso que peço pouco por isso, mas Ele tem sido muito gracioso e me amando muito através delas.

Sempre tive uma Carol na minha vida. E todas elas, sem exceção, são pessoas maravilhosas e que eu amo e tenho uma amizade profunda e por aqui não ia ser diferente. Conheci a Carol daqui pelo Facebook alguns meses antes de vir pra cá e já gostei dela de cara. Sem eu a conhecer pessoalmente, abriu as portas da sua casa pra me hospedar e até hoje eu volto lá e me sinto realmente em casa.  E desde a nossa chegada ao Bahrain, posso dizer que somos apaixonados pelos Gibrans. Carol, André e Noah, somos muito gratos por Deus por vocês!

Agora eles  esperam a chegada do seu segundo filho (ainda sem nome oficial), que vai deixar essa família ainda mais linda e eu tive o prazer de registrar um pouco desse momento lindo dessa família que amamos!

Paulo + Luiza = Gabriel

É a segunda vez que fotografo esses dois lindos. A primeira foi para o

save the date

do casamento deles e agora foi para marcar esse momento bonito de espera pelo Gabriel.

Acho maravilhosa a fotografia por tantos motivos, mas acho que o principal é o poder que ela tem de nos levar a um momento que não existe mais, momentos que só ficam ali nela e na nossa memória. A vantagem da fotografia é que por ela podemos compartilhar um pouco dessa nossa memória com quem não estava lá com a gente.

Quando fotografo, sempre penso nos filhos daquele casal olhando essas fotos, penso na conversa que eles terão contando como foi aquele dia, aquele momento, penso em quantas outras conversas sairão de uma única foto.

A fotografia não é só um registro. A fotografia é união: união de passado e presente, de amores e amantes, de gerações. A fotografia aproxima, gera comunhão.

Fotografe seus dias, seus momentos, sua história, seus ritos de passagem, mas principalmente esteja presente neles, cuide do seu dia-a-dia.

Lina + Carlos = Antonio e Zé, Diana & Milton

Antonio significa 

"valioso", "de valor inestimável", "digno de apreço".

Assim como a amizade que tenho com a sua mãe desde a alfabetização. Acho uma das coisas mais bonitas da vida é poder ter amigos de infância. Que te conhecem bem e continuam te amando mesmo assim. Haha. 

Que vivem e participam com você de várias fases da sua vida, e que colecionam junto: choros, desabafos, festas, aniversários, alegrias, tristezas, dores, e amores.

Hoje minhas amigas estão me trazendo sobrinhos lindos. E que privilégio viver isso de perto, ver minhas amigas meninas, virando moças, virando mulheres, virando mães. 

E que privilégio ainda maior de poder registrar isso tudo.

Lina, amo você e sua família linda! 

#chegalogodavi

Eu bem me lembro que no ano em que eu completei 15 anos, eu fui convidada para umas 10 festas seguidas. Várias amigas fizeram festas, algumas foram para Disney, mas era o assunto do ano. Era a fase.

Depois vieram as formaturas, onde só se ouvia palavras como "prazo de entrega", "monografia", "PGE", "não aguento mais", "tô surtanto". E depois vieram os casamentos. Teve um ano que fui em 12 como convidada! Fase deliciosa de testemunhar encontros de amores tão lindos.

Bom,  agora estamos passando para a fase: bebês. A maioria das minhas amigas ou está grávida ou quer estar ou já tem um bebê lindo nos braços. Eu, particularmente, estou amando essa fase! Só agarro essas criaturas fofas sem ter nenhuma responsabilidade educacional! hahaha!

Essa introdução toda é só pra falar do quanto eu amo esses "ritos de passagem". Como eles nos marcam e como é legal acompanhar o crescimento e o amadurecimento das pessoas que você ama. Como é bom compartilhar esses dias de alegria, compartilhar nossa vida e a vida que geramos uns com os outros.

Juliana é uma das minhas amigas mais próximas. Fui madrinha dela de casamento, ela foi minha. Me ensinou muito a ser mãe antes de ser. Dormia na casa dela e ela cuidava de tudo com tanto carinho. Quando eu menos esperava, minha cama estava pronta, com uma camisolinha dobrada em cima. Me sentia muito acolhida. Um cuidado e um amor tão grande!  Davi já é um sortudo!

Não vejo a hora de ver a carinha do Davi e ver a Ju ser mãe mesmo. Tenho certeza que ela será um exemplo! E que bom que vou estar perto (mesmo longe) testemunhando mais essa fase. E que venham muitas delas! #chegalogodavi