sem ele por perto



sem ele por perto, me rendo ao tempo
este se arrasta comigo pelos dias vazios
em nada vejo graça, sentido ou orientação
sou só caos e drama e sou só neles também

sem ele por perto, me rendo aos poemas
estes me levam para dores e para outros amores
me distraio em cada linha e em cada linha o acho
sou reflexo, somos, eu e ele. ele e eu.

sem ele por perto, me rendo ao Vento
este me sopra para um lugar de paz
tento me deixar leve e tranquila, e assim o sou
chego lá e é lar e aqui é só espera.